Sócio Dragão Maior

Técnico Luizinho Lopes é apresentado no CT Sabino Ribeiro

Créditos: Lucas Almeida/ADC

Créditos: Lucas Almeida/ADC

O novo técnico do Dragão, Luizinho Lopes, foi apresentado oficialmente no início da tarde desta terça-feira (23). O treinador participou de uma coletiva de imprensa virtual. Confira as principais respostas:

Primeira passagem

Aracaju é uma cidade que me acolheu muito bem da primeira vez que aqui estive e o Confiança idem. Fui muito feliz aqui. Em nenhum momento passei um período de tristeza. Estou voltando com muita alegria e encarando, em meio a essa grande dificuldade que o Confiança se encontra na Série B, como uma grande oportunidade.

Nova oportunidade

Em relação a mudança de comportamento, é dentro disso que nós vamos trabalhar. Acreditar! Ainda falta um turno inteiro pela frente. É super possível, é palpável. O primeiro passo para dar certo é acreditar nessa mudança, na energia que vamos trazer, no trabalho que vamos empregar, a dedicação exclusiva 24h. Vamos viver esse clube para que a gente possa fazer valer a confiança que foi depositada na gente. Super possível trazer um novo animo e ideia também para que a equipe possa performar melhor para que a gente possa sair dessa sequência ruim de resultados.

 

Créditos: Lucas Almeida/ADC

Créditos: Lucas Almeida/ADC

Contratações

Com relação a contratações, estamos chegando. Não costumo falar de quem não está aqui. Preciso potencializar quem está aqui,. Melhorar quem está precisando de melhoras, recuperar quem não vem bem. Enfim, tenho que dar uma atenção especial para os atletas que vou encontrar daqui a pouco no campo. As questões de contratação é do clube e faz parte do processo, faz parte do futebol as chegadas e saídas a todo momento. Nunca está fechado para uma possível contratação e nem para uma saída, mas eu gosto de focar no que eu tenho em mãos, eu só conto com o que eu tenho em mãos e são com esses atletas que nós temos aqui que vamos trabalhar para essa partida tão importante que teremos em casa.

Experiência

Nós tivemos uma passagem aqui que me marcou. Não só com relação aos grandes jogos que nós fizemos. Me lembro que naquela época que nós chegamos, o Confiança estava há três jogos para o Estadual. Se não me engano, se perdesse um dos três, estava fadado ao rebaixamento. Nós vencemos os três jogos. Acho que a segunda ou terceira partida marcou muito. Nós terminamos o primeiro tempo perdendo de 4 a 1 e nós viramos no segundo tempo para 5 a 4. Aquilo chegou uma emoção grande no vestiário. Dali o trabalho teve um sequencia muito boa. Ali nós preparamos, foi meio que um ponto de partida para esse acesso. Acredito que o que construímos naquela temporada, cessou a sequencia do clube. Tivemos algumas vitórias marcantes como a goleada contra Remo em Belém, o Náutico em Pernambuco, a classificação para Pré-Copa do Nordeste, que é era como um título naquela época, devido o saldo financeiro do clube. Dentro outros momentos que nós vivenciamos, como quando lideramos praticamente toda a Série C na fase de grupos. Vivemos aqui boas emoções e isso foi o suficiente para que eu tivesse uma relação dentro do clube.

Créditos: Lucas Almeida/ADC

Créditos: Lucas Almeida/ADC

Estrutura

Estou encantado. Quero aqui parabenizar a transformação do Confiança durante o período que não estive aqui. Extremamente encantado. Isso há de ser valorizado, de ser respeitado. A torcida, a cidade, a população entender que o clube prestigiou a estrutura. Tem clubes que passaram anos na Série B e Série A e não se dedicaram a organizar o clube. Claro que ainda precisa tá sempre no processo de evolução, mas quero destacar isso.

Confira a entrevista completa no aplicativo do Sócio Dragão Maior.

GALERIA DE FOTOS